Ir para o conteúdo

Encontro EOD e EODOPEN

ENCONTRO INTERNACIONAL | 12-13 maio '22 | BNP

Cartaz do evento

A Biblioteca Nacional de Portugal acolhe, nos próximos dias 12 e 13 de maio, o encontro anual da Rede EOD – eBooks on Demand e um encontro do projeto EODOPEN – Opening Publications for European Netizens.

A Rede EOD, de que a BNP é membro fundador, celebra o seu 15º aniversário, sendo atualmente constituída por 40 bibliotecas de 13 países europeus.

No serviço EOD, qualquer pessoa pode encomendar um livro eletrónico, através dos catálogos das bibliotecas da rede; em seguida, as bibliotecas digitalizam a obra pretendida e enviam-na ao utilizador. Desde 2009, para além da versão digital de uma obra, é também possível encomendar a sua impressão a pedido (PoD – Print on Demand).

O projeto EODOPEN – Opening Publications for European Netizens, financiado pelo programa europeu Creative Europe (Culture/Cooperation projets), teve início em 2019 e terminará em 2024, sendo constituído por 14 parceiros, de 11 países diferentes, e coordenado pela Universidade de Innsbruck (Áustria). O Projeto tem como objetivos promover a digitalização de obras dos séculos XX e XXI, reforçando a capacidade das bibliotecas procederem à clarificação de direitos e a mecanismos de licenciamento mais fáceis, estimulando a utilização destes conteúdos por públicos mais alargados. Pretende-se alcançar mais de 1 milhão de utilizadores/leitores em toda a Europa, designadamente jovens e leitores com necessidades especiais, através da aposta na disponibilização de formatos alternativos de entrega, nomeadamente para dispositivos móveis, bem como para utilizadores cegos ou deficientes visuais.

Para além das reuniões internas dos grupos de trabalho do projeto, o encontro de Lisboa terá uma sessão aberta, durante o dia 12 (14h30-18h00), na qual será feito um balanço dos 15 anos da rede e se discutirão os serviços oferecidos pela rede EOD, questões de cooperação com o EUIPO (Instituto da Propriedade Intelectual da União Europeia) e as implicações das disposições da Directive on Copyright in the Digital Single Market (DSM directive) no património cultural, entre outros temas.